Postagens

Mostrando postagens de Janeiro, 2020

AS RÁDIOS DO GLOBO TERRESTRE EM RADIO-GARDEN

Imagem
Será que escutar rádio é algo antiquado? Quem ainda sintoniza as frequências de rádio em plena era da globalização? Se você pensou, quase ninguém… errou feio. Sou um ouvinte diário das frequências radiofônicas. Assim como eu, o público que escuta rádio costuma ser bastante fiel a esta mídia mesmo em tempos de spotify, podcasts e plataformas de streaming. Pois bem, apresento a vocês um projeto muito bacana chamado RADIO GARDEN.
Sobre Radio Garden Inicialmente encontrei um globo terrestre que gira na tela do computador. Conforme arrasta-se o globo é possível perceber pequenos pontos verdes que indicam as rádios disponíveis em cada localidade. Para escutar determinada rádio basta apontar o cursor para um destes pontos e, de maneira gratuita, a rádio é sintonizada.

O ruído típico de rádio soa entre os movimentos de sintonia, ao passar de uma estação e outra. É algo realmente mágico, um projeto interativo desenvolvido pelo instituto Holandês em cooperação com seis universidades da Alem…

LER E ESCREVER MÚSICA: PRECISA?

Imagem
Escrevo este texto para falar sobre uma questão recorrente: a leitura e a escrita no processo de aprendizagem musical. Frequentemente ouço questionamentos sobre a necessidade ou não em aprender teoria musical no início dos estudos de instrumento, ou ainda se este tema deve fazer parte da educação musical de crianças e jovens.
As perguntas mais recorrentes são: 1. Tocar bem meu instrumento é o suficiente para ser um bom músico?

2. Devo iniciar meu aprendizado musical diretamente pela prática ou estudo primeiramente a parte teórica (escrita e leitura)?
Ensaiando respostas: Acredito que qualquer musicista que busque uma formação mais ampla precise, mais cedo ou mais tarde, conhecer as formas básicas da escrita e leitura musical. A ordem que isso se apresenta depende muito da sua necessidade em registrar graficamente aquilo que está aprendendo.

A teoria musical deve ser complementar a prática de um instrumento, natural ao estudo musical independente do nível ou da idade do estud…

COMO VOCÊ ESCOLHE O REPERTÓRIO INSTRUMENTAL PARA UM ALUNO?

Imagem
Artigo com tradução livre do site “The Strad”.

Quando nos perguntamos o que aprender, como organizar o ensino musical e avaliar seu desenvolvimento em um determinado contexto é sempre uma tarefa complexa na qual o professor deve saber quando, onde e por que ele usa essas estratégias de ensino.
Como você escolhe o repertório instrumental para um aluno? Esta pergunta foi feita a cinco professores e instrumentistas da área das cordas (violino e viola). Como você determina qual repertório é o melhor para um aluno?

RESPOSTA DOS PROFESSORES: Bruno Giuranna: Em certo ponto dos estudos, os alunos precisam entender, ouvir e sentir o que significa “tocar muito bem”. Isso não é nada óbvio ou fácil, e o processo pode levar tempo. É possível entender isso primeiro em uma simples peça ou estudo, talvez com um grupo fácil de notas. Depois disso, o professor deve aumentar o nível de dificuldade do repertório do aluno, sempre mantendo essa qualidade. Isso deve ser feito gradualmente, com grande tato…

"LIVE" - NOVO DISCO DO TRIO CHICK COREA AKOUSTIC BAND

Imagem
Depois de 27 anos sem lançar um novo disco o trio Chick Corea, John Patitucci e Dave Weckl (famosa formação do projeto "Chick Corea Akoustic Band") apresentam LIVE. Segundo o texto de apresentação do àlbum: Live representa o retorno triunfante de Chick, Patitucci e Dave Weckl.
Nesse trabalho o trio passa por clássicos de Corea como "Morning Sprite" e "Eternal Child," e novas abordagens para standarts como "Monk's Mood" e "On Green Dolphin Street." Por enquanto o trabalho só está disponível no site de Chick Corea e nos shows do trio.

Onde comprar o disco? AQUI

A AULA DE MÚSICA INICIA COM UMA BOA CONVERSA - Parte #2

Imagem
Para o primeiro encontro, em uma situação de aula de instrumento, considero importante entender os objetivos do aluno, a relação dele com a música e também costumo apresentar uma proposta de estudo que contemple, em algum momento, os desejos do estudante em relação ao aprendizado do instrumento.

Sobre o aluno: - Conhecer melhor o gosto musical e artístico do estudante. O que ele tem apreciado, quais gêneros musicais tem maior afinidade e quais artistas admira;

- Entender as referências que o aluno já tem no instrumento que irá estudar;

- Saber sobre o que o levou a aprender determinado instrumento; Quais as pretensões do aluno quanto ao seu desenvolvimento musical.

- Compreender o que o aluno já toca no instrumento e quais os repertórios que pretende desenvolver;

- Questioná-lo sobre qual o tempo que dispõe para estudar música dentro de uma rotina diária e semanal; E caso já tenha estudado música antes, como foi à experiência em outras instituições.

Sobre as obrigações do professor a…

A AULA DE MÚSICA INICIA COM UMA BOA CONVERSA

Imagem
Durante o inicio do ano reservo algumas tardes para rascunhar ideias de atividades para receber os novos alunos de percussão. Prefiro planejar com antecedência esse momento inicial, compor pouco a pouco os possíveis percursos de estudo das novas turmas.  O primeiro encontro com o estudante é um momento especial no processo de ensino. Na primeira aula já consigo assimilar algumas expectativas, falamos sobre projetos, definimos alguns cronogramas, conversamos sobre avaliação (deles e minha) entre outros temas. Papo necessário para que possamos firmar um compromisso singular: estudar música por meses ou anos. 
Acredito que o início de um trabalho educativo é também o começo de um diálogo de aproximação. Não há como conceber um percurso antes de uma boa conversa.

DISCOS 78 Rotações digitalizados e disponíveis para baixar

Imagem
Por meio do projeto "The Great 78 Project", o Internet Archive começou a digitalizar discos de 78rpm para preservação, pesquisa e descoberta com a ajuda de George Blood, LP.  Os discos de 78rpm eram feitos principalmente de goma-laca, ou seja, resina de besouro, e eram os antecessores frágeis da era LP.

Atualmente, o projeto de digitalização concentra-se em discos com menor probabilidade de estar comercialmente disponíveis - ou disponíveis em formato digital - com foco especial em artistas e gêneros sub-representados. A digitalização tornará essa música disponível com menos frequência acessível aos pesquisadores em um formato em que possa ser manipulada e estudada sem prejudicar os artefatos físicos. Preservamos o ruído e as imperfeições da superfície, geralmente muito proeminentes, e incluímos arquivos gerados por diferentes tamanhos e formatos de caneta para facilitar diferentes tipos de análise.

Não há como prever se as versões digitais desses 78s durarão mais que os ite…

8 HÁBITOS CRIATIVOS DO MÚSICO IMPROVISADOR - Por Hamilton de Holanda

Imagem
Recentemente o músico Hamilton de Holanda publicou uma série de dicas sobre prática musical, estudo e performance na sua página no Instagram. Assim como fiz com as 16 DICAS (o que fazer/o que não fazer) do CHICK COREA  sobre prática e performance, reproduzo também as dicas do Hamilton de Holanda logo abaixo.

A lista está organizada da seguinte maneira:
#1 Cantar;
#2 Batucar;
#3 Tirar músicas de ouvido;
#4 Tocar um instrumento (ou mais) diferente do principal;
#5 Praticar escalas e arpejos;
#6 Gravar e criticar;
#7 Conhecer muitas músicas de culturas e épocas diferentes;
#8 Criar e aprender todos os dias. INTRO: A prática leva à perfeição. Não à perfeição utópica do ser humano, mas a perfeição do encontro com a beleza, aquela que traz a sensação de realização do que está na cabeça e no coração e que independe de elogios ou críticas externas, é estar de boa com minha música. Na hora de improvisar, não temos muito tempo pra pensar. Os hábitos ajudam na hora ‘H’, nos dão agilidade pra esc…

MODELOS DE PÁGINAS - GRADES E PAUTAS

Imagem
Para aqueles que precisam escrever suas músicas, fazer arranjos e usar diferentes tipos de formações instrumentais, no site MUSIC-PAPER.COM é possível encontrar mais de 100 PDFs diferentes de papel pautado para a escrita musical, em branco e gratuito. Com uma ampla variedade de tamanhos e modelos de sistema e pautas por página.

Site: music-paper.com/blank-sheet-music.html
Outra opção para baixar modelos de grades e pautas é o site http://people.virginia.edu/~pdr4h/musicpaper/
Se o que você está buscando são folhas em branco para tablatura e diagramas de acordes, segue o link: 
Versão 1: acesse aqui
Versão 2: acesse aqui

BACH, Johann Sebastian - G minor

Imagem
O contra-ponto provoca uma espécie de abertura da escuta, não apenas como bifurcação (dois caminhos melódicos) mas também a partir dos entrecruzamentos, labirintos. Do emaranhado das vozes alguns fios sonoros ficam mais a mostra. Entre aproximações e distanciamentos os contorcionismos individuais alinhavam seus territórios.

A música de Bach é sempre uma aula de contra-ponto. Segue um contra-arranjo sobre o trecho modificado do prelúdio em dó menor (agora em G menor) do livro O Cravo Bem Temperado 1 (BWV 847).


PODCAST - Ep. #3 RITMICIDADES

Imagem
PAUTA:Projetos de 2019 e 2020 com RITMICIDADES

Citações do episódio: Sessão de recados: Rede Gaúcha de Podcasts - site: podcastche.com.br

Sobre o Grupo Iluminura: ufrgs.br/2019coloquiosul/2019/10/17/grupo-iluminura

Assine o blog e receba as atualizações por email: : deixe seu e-mail AQUI

ANPPOM: anppom.com.br

ABEM: abemeducacaomusical.com.br

Comunidade sobre música e educação: comunidade.mus.br

Plataforma Google Classroom: classroom.google.com

Projeto Google dedicado a criação musical: musiclab.chromeexperiments.com

Musescore (aplicativo de escrita musical): musescore.com


Ouça o podcast nas plataformas digitais Spotify: spotify.com/show/3alBYJKyT4cXHdjZo2KXKh Google Podcasts: podcasts.google.com/?feed=aHR0cHM6Ly9hbmNob3IuZm0vcy8zMTBmM2E4L3BvZGNhc3QvcnNz CastBox: castbox.fm/channel/id1629029 Pocket Casts: https://pca.st/DMLk Radio Public: radiopublic.com/ritmicidades-marcelo-borba-G3dA2v Stitcher: stitcher.com/podcast/anchor-podcasts/borbacast-marcelo-borba

ALVO 11 - Marcelo Borba

Imagem
Alvo 11 é uma composição de março de 2018. A ideia inicial era investir em elementos rítmicos fragmentados, retalhados dentro da narrativa musical. Depois de algumas experimentações o resultado final é um trabalho audiovisual.

Material cunhado a partir de sugestões rítmicas produzidas num controlador midi ligado ao notebook. A musica foi criada com timbres do software Ableton Live 9 e instrumentos de percussão (pandeiro, pratos, shakes e caxixis) gravados direto com a DAW Reaper. Gravação, edição, mixagem e montagem de áudio e vídeo foram feitas por mim.

A circularidade do olho foi o elemento disparador do vídeo e também do título: Alvo. O número 11 surge como signo estético de múltiplas interpretações.  O uno, o código computacional, etc. O arremate ficou na fabricação de algumas poucas linhas de poesia.
Segue:

Notas aos pares  Ritmos desencontrados para bailar  Perambulante pulso  Alvo fora do centro  Couro e fumaça Pele defumada  Sem foco  Sem força  Mendingando algum afeto.
Marcelo Borb…

2020 COM OS GREGOS

Imagem
Ano-novo! Desejo saúde, paz e harmonia a todos vocês leitores do blog.
É possível fazer de 2020 um ano para o "bem viver"? Acredito que sim. Quem melhor que os Gregos para nos ensinar sobre o bem viver? Ao menos duas lições sobre o bem viver deixadas pelos filósofos gregos (em especial Sócrates, Platão e Aristóteles) ainda são importantes para os dias atuais. A primeira: Filosofia é um modo de viver. É prática de vida e não uma teoria ou dogma; A segunda: um homem grego não deve fugir ao seu destino. Nada de fatalidades, não se trata de um destino pré-determinado. Refere-se a coragem de firmar a vida independente das dificuldades que se colocam a nossa frente.

Não há como fugir das vicissitudes da vida. Em “Nietzsche e a filosofia” Deleuze diz: “O acaso é o que põe as forças em relação”. Entrarei o ano-novo atento aos acasos que 2020 colocará no meu caminho. Eles fazem toda a diferença, quebram nossas rotinas, produzem um modo de vida mais artístico.

Que possamos desenvolve…